Seminário de orientação

Docente responsável: Cecília Galvão, Instituto de Educação

Outros docentes: Rui Agostinho, Faculdade de Ciências; Ana Delicado, Instituto de Ciências Sociais

Objetivos da UC:

O Seminário terá a participação de docentes das instituições envolvidas.

O objetivo central Unidade Curricular é abordar questões de natureza teórica, empírica e prática que devem ser consideradas no planeamento e desenvolvimento de uma investigação conducente à dissertação, projeto ou relatório de estágio.

Pretende-se que os formandos desenvolvam as competências de:

. Reflexão crítica sobre os elementos implicados no planeamento conceptual e metodológico de uma investigação.

. Apreciação fundamentada de dissertações/projetos/estágios existentes

. Conceção de um esboço individual de dissertação/projeto/relatório de estágio

Conteúdos programáticos:

 

A Unidade Curricular constitui um espaço de discussão, reflexão e partilha de ideias sobre aspetos fundamentais relacionados com a realização da dissertação, projeto ou estágio e destina-se a acompanhar, numa primeira fase, a elaboração de um projeto de investigação.

  1. Planeamento e desenvolvimento de uma dissertação ou projeto, envolvendo o conhecimento de aspetos como:
  • A definição do problema e das questões de investigação e organização das diversas fases de elaboração de um projeto
  • O papel da teoria na contextualização da investigação
  • A revisão da literatura: Significado e importância.
  • A definição do contexto do estudo e a seleção dos participantes
  • A recolha e a análise de dados empíricos
  • O relato da investigação.
  1. Qualidade e viabilidade de um projeto:
  • A análise da sua relevância em funções de problemáticas teóricas, necessidades práticas e das motivações do investigador.
  • Condições de viabilidade de um projeto em função dos recursos disponíveis.

Metodologia de ensino:

Esta UC é essencialmente prática e de ajuda à elaboração da dissertação/projeto/relatório de cada um dos mestrandos. A metodologia incidirá em:

. Leitura orientada e discussão de textos sobre investigação, de acordo com as problemáticas dos mestrandos,

. Análise de alguns artigos de investigação e de projetos desenvolvidos, relacionados com as temáticas em causa,

. Participação em fóruns de discussão on-line para partilha de informação e de materiais,

. Trabalho em pequenos grupos quando as temáticas assim o justificarem,

. Apresentação, por cada mestrando, ao nível do grupo-turma do trabalho em diferentes fases de elaboração. A avaliação baseia-se em duas componentes: (a) elaboração de um trabalho pessoal de reflexão que, traduzindo uma síntese das aprendizagens realizadas, possa contribuir para o desenvolvimento da dissertação/projeto/estágio (80%); e (b) participação dos formandos, quer nas sessões presenciais, quer em fóruns de discussão on-line (20%).

Bibliografia principal

Bogdan, R., & Biklen, S. K. (1994). Investigação qualitativa em educação: Uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora.

Cohen, L., Manion, L. & Morrison, K. (2000). Research methods in education. New York: Routledge.

Denzin, N.K., & Lincoln, Y.S. (2007). Handbook of qualitative research. California: Sage Publications, Inc.

Tuckman, B. (2000). Manual de investigação em educação. Lisboa. Fundação Calouste Gulbenkian.